Página inicial > Artigos > Política e corrupção

Artigo

Política e corrupção

quinta-feira 9 de outubro de 2014, por Sergio Miletto

Enquanto se olha o político ou o administrador da estatal ninguém olha os contratos ou os corruptores. Bem cabe na situação que vivemos o velho provérbio chinês: "quando o sábio aponta para a lua, o tolo olha para o dedo".

Não gosto de textos muito longos no Facebook, mas aqui vai uma pequena reflexão.
Esta matéria mostra que a corrupção não é um problema nem partidário e muito menos do Brasil ou dos brasileiros, mas um modelo das grandes corporações e do grande capital para se apoderarem do estado e da coisa pública.

Basta estudar a história americana, ou européia. Aliás recomendo fortemente que assistam Lola, que é um filme alemão de 1981 , dirigido por Rainer Werner Fassbinder. É o terceiro da trilogia do "Milagre Econômico Alemão". Os outros são O casamento de Maria Braun e Die Sehnsucht der Veronika Voss.

O Modus operandi das grandes corporações sempre foi via corrupção.

É muito saudável que a população queira acabar com este mal, mas é importante não se equivocar para não se decepcionar novamente.

O que os corruptores mais querem é que as pessoas olhem os políticos, prendam, tirem do poder. É uma maneira equivocada pois, enquanto se olha o político ou o administrador da estatal ninguém olha os contratos ou os corruptores.

  • Bem cabe na situação que vivemos o velho provérbio chinês "Quando o sábio aponta para a lua, o tolo olha para o dedo.”

Não coloco esta matéria para atacar o PSDB, pois a ideia é mostrar que a população necessita mudar de atitude e deixar de se enganar.

A única maneira de se acabar com este mal é com mais transparência e, principalmente, com a participação das pessoas na política. Política é a arte de debater os contrários, é a busca dos consensos, é eleger prioridades na busca do bem comum.

O que não perdoo no PSDB é que as suas lideranças acham que sabem o que é bom para país e governam para defender interesses das corporações externas, que são de propriedades de grandes bancos. Claro que esta gente não tem interesse em que o povo do Brasil ou de qualquer parte do planeta tenha autonomia para exercer sua plena cidadania.

Sergio Miletto
Presidente

Originalmente publicado pelo autor em sua página pessoal no Facebook.


Ver online : Inglaterra revela contratos da Alstom com offshore do cartel

Notícias

Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada

site criado pela